Make your own free website on Tripod.com

REPRODUÇÃO

Cio

O primeiro cio da cadela se manifesta após os 8 meses de idade, com o inchaço da vulva e logo após aparecimento de sangramento, que permanece por aproximadamente 10 dias.

O cio tem seu ciclo repetido a cada seis meses, sendo aconselhável saltar um cio a cada um ou dois acasalamentos seguidos.

Cruzamento

Após escolher o macho ideal para cruzar com a cadela e combinar a condições de acasalamento, o dia, local e horário, que deve ser no período mais fresco do dia (manhã, ou noite), levar a cadela até a casa do mesmo, evitando-se com isto uma possivel inibição do macho, frustando a cobertura.

O cruzamento normalmente acontecerá ao término do sangramento, por volta do 10º dia, quando então a fêmea entrará no período mais fértil, entre o 9º ao 14º dia.

É aconselhável que após a 1ª cobertura, salte um dia e repita o cruzamento, visando garantir a pega, uma vez que os óvulos vão amadurecendo aos poucos, e como o semen sobrevive por 24h dentro da vagina da cadela, cobre-se então todo o período de fertilização.

Gestação

Após a cobertura os primeiros sinais de gravidez positiva, são o inchaço das mamas, aumento do apetite e dilatação do ventre, que ocorre após o 35º dia.

Pode-se também fazer um ultra-som após o 25ºdia.

O período completo de gestação é de 58 a 64 dias, a contar do dia do primeiro cruzamento.

Maternidade

O local para o ninho da cadela, deve ser escolhido visando sua tranquilidade, conforto e segurança. Deverá ser abrigado de sol, chuva e frio, fora de área de transito de pessoas e barulho, com instalação elétrica para iluminação e aquecimento.

A cama deve ser em cima de um tablado de madeira, forrado de carpete, que deverá ser substituido todos os dias para limpeza, medindo aproximadamente 1,50m x 1,20m, e proteção para os filhotes com abas laterais e superiores de 15cm.

Esta proteção é de grande importância para que a fêmea não amasse os filhotes ao se levantar/deitar, devendo ser retirado quando os mesmos começarem a salta-lo, o que deve ocorrer entre o 15º e 20º dia. 

Nascimento

Os primeiros sintomas que anunciam a aproximação do dia de nascimento, são que a fêmea começa a arranhar sua cama , cava buracos no terreiro, rasga jornais ou panos de dormir.

24h antes do nascimento a fêmea para de comer, sua respiração fica ofegante e pode sair líquido de sua vagina que deverá estar totalmente dilatada.

Normalmente a fêmea sabe como proceder para cortar o cordão umbilical, limpar o filhote e coloca-lo para mamar. Mas é melhor ficar por perto para o caso de alguma eventualidade.

O período total de parição pode durar até 24h,com intervalos entre nascimentos de 15m à 2h. Se o intervalo entre um filhote e outro for superior a 2 horas, entre em contato com o veterinário de sua confiança.

O nº de filhotes pode variar de 1 a 16, sendo ideal de 8 a 10.

Geralmente os filhotes nascem escuros, mesmo sendo dourados.

1ª Semana: Os filhotes nascem aproximadamente com 500g e devem mamar o colostro até 2h do nascimento.

O cordão umbilical deve estar cortado com 4cm, e cairá dentro de 3 a 4 dias.

Neste período os filhotes mamam e dormem o tempo todo, e fêmea faz a limpeza higiênica dos mesmos.

2ª semana: No fim da segunda semana, os filhotes começam a se levantar, dando os primeiros passos e a abrir os olhos. Já triplicaram de tamanho.

3ª Semana: Nas ninhadas numerosas começar complementar a alimentação com mingau, via mamadeira ou prato. Haja paciência.

4ª Semana: Recomenda-se aplicar a primeira dose de vermífugo em suspensão, conforme recomendação do veterinário. A alimentação deve ser ração para filhotes (papinha). Peso aproximado de 4k.

5ª Semana: Separar os filhotes da mãe, juntando-os apenas para mamar, caso a cadela ainda tenha leite. Alimentar 4 vezes ao dia.

Se por algum motivo você precisar de alimentar os recèm nascidos, hoje existe leite em pó para cães que você poderá alimentá-los, com mamadeira.

 

INÍCIO                             PRÓXIMA